Av. Ana Costa, 146 cj. 809 - Vila Mathias Santos - SP

Conheça as regras para mudanças em condomínios

29 janeiro

Conheça as regras para mudanças em condomínios

Categoria: Notícias

Conheça as regras para mudanças em condomínios

Por mais que seja algo “normal” nos condomínios, para que seja realizada de forma segura para todos, as mudanças devem ser organizadas, tanto para aqueles que estão saindo quanto para os que estão chegando. Essa situação não cabe ser organizada apenas pelos moradores, a administração do condomínio também deve estar organizada para orientar, organizar e fiscalizar as mudanças, evitando ao máximo problemas com os demais moradores.

Veja quais são os deveres da administração do condomínio durante as mudanças:

Horários

Esse é um dos detalhes importantes que boa parte dos condomínios já tem definido, pois estabeleceram os horários para mudanças na convenção condominial. Os horários definidos em sua maioria são de segunda a sexta-feira, das 8h às 18 horas. Em alguns condomínios existe a possibilidade de realizar mudanças aos sábados, das 8h às 14 horas. Domingos e feriados costuma-se proibir esse tipo de atividade.

A tarefa de se fazer cumprir essa regra pode gerar um pouco de transtorno ao síndico, pois novos moradores podem desconhecer as regras do condomínio. É nesse momento que o síndico deve se mostrar presente e atuante para fazer cumprir as regras estabelecidas. Caso o novo ou atual morador não consiga realizar a mudança dentro dos horários que constam na convenção, o síndico deve orientá-lo a indicar uma pessoa de sua confiança para fazer a mudança.

Se o novo morador já foi instruído a conhecer as regras do condomínio, o síndico deve realizar o agendamento da mudança e preparar os espaços para que a mudança não atrapalhe o cotidiano dos moradores. Vale lembrar que qualquer dano nas áreas comuns durante a mudança é de responsabilidade do condômino, por isso é importante que o síndico acompanhe essa atividade ou escale um funcionário para ficar responsável.

Responsabilidade do condomínio

Tanto na saída quanto na chegada do condomínio os moradores precisarão de suporte da administração para realizar a mudança em segurança, por isso o síndico pode determinar alguns processos para essa atividade. Uma delas é revestir o elevador com acolchoamento para evitar danos durante o transporte. Outro ponto é a disponibilidade de um funcionário para ficar na garagem controlando as entradas e saídas enquanto os portões estiverem abertos.

Para manter a limpeza do condomínio durante esse dia, o síndico também deve informar o responsável pela limpeza, para que fique atento ao caminho que transitará a mudança. 

Importante ter previamente os dados da mudança, com nomes dos responsáveis, nome da empresa, funcionários que realizarão a mudança e horário previsto para chegada.

Deveres do morador responsável pela mudança

Caso o morador esteja de saída é importante que siga todas as regras estabelecidas no regulamento interno, caso não tenha pode solicitar uma cópia ao síndico.

No caso dos novos moradores, o ideal é conversar com a imobiliária ou morador que realizou a venda do imóvel e pedir mais informações sobre as regras do condomínio. Nesse caso, o novo morador também pode solicitar o regulamento interno para ter ciência das regras antes da mudança.

É importante que o novo morador esteja atento aos horários que são permitidos barulhos e arrastar os móveis.

Por último, mas não menos importante são os lixos e os descartes de restos da mudança. Os lixos como caixas de papelão não devem ser descartadas na lixeira do condomínio, o faxineiro passará no dia seguinte para recolhê-las. Já outros itens que sobram é necessário confirmar com o síndico a melhor forma para descartá-los.

Fonte adaptada: Sites SindicoNet e Tudocondo

Por Inspetor.com