Av. Ana Costa, 146 cj. 809 - Vila Mathias Santos - SP

Como cuidar da manutenção do elevador do seu condomínio?

12 fevereiro

Como cuidar da manutenção do elevador do seu condomínio?

Categoria: Notícias

Elevadores estão no dia a dia de milhões de pessoas, seja em prédios residenciais, comerciais ou shopping centers. Sua utilização é constante independente do dia ou hora. Sua utilidade é indiscutível, porém é necessário um cuidado constante com esse equipamento. Sua manutenção e modernização é de responsabilidade dos administradores e caso não sejam realizadas, multas significativas podem ser aplicadas, de acordo com o projeto de  Lei 6125/13, aprovado em 2016.

A falta de manutenção dos elevadores já estampou diversas matérias em jornais e blogs, noticiando acidentes graves e em algumas situações acidentes fatais. Por isso que deve ser fiscalizado constantemente pela administração dos condomínios.

Seguindo as orientações impostas pelo projeto de Lei, os condomínios devem realizar a manutenção dos elevadores mensalmente, que deve ser realizada apenas por empresas com registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Quais tipos de manutenções devem ser realizadas pelos condomínios?

Manutenção Preventiva: Esse é o tipo de manutenção mais indicado, pois ele previne possíveis problemas no equipamento. Após a avaliação de todas as pessoas, os reparos são realizados e as peças são substituídas antes mesmo de apresentarem problemas. Utilizando esse tipo de manutenção, o síndico demonstra aos moradores o quanto está preocupado com a segurança dos condôminos, deixando-os mais confortáveis para utilizar o equipamento.

Manutenção Corretiva:  Essa manutenção é realizada a partir de um problema pontual apresentado pelo equipamento. Nesse caso, a manutenção possui caráter de emergência, pois o elevador só voltará a funcionar após os ajustes. Para resolver o problema é necessário acionar a empresa responsável pela manutenção, que disponibilizará um técnico imediatamente.

Vale lembrar que nesses casos, usuários podem ficar presos dentro do elevador. 

Com a manutenção preventiva as chances de situações como essa acontecerem são bem menores.

Como manter a manutenção do elevador do meu condomínio em dia?

O primeiro passo é contratar uma empresa especializada, dentro das normas que citamos acima. Pesquise bem a reputação e regularização da empresa e feche um contrato preventivo para garantir uma análise mensal dos elevadores do seu condomínio, com garantia.

Como é um custo mensal, o síndico deve incluir isso nas despesas do condomínio e repassar o valor para as taxas condominiais.

Lembre-se que com a manutenção preventiva, alguns cuidados, no dia agendado com a empresa,  devem ser realizados. 

  • Comunique todos os moradores sobre o dia e horário que a manutenção será realizada. Essa informação pode ser repassada por cartazes, grupos de whatsapp, circular ou qualquer tipo de meio de comunicação utilizado no condomínio.
  • Sinalize o condomínio e a área próxima ao elevador no dia da vistoria ou manutenção.
  • Elimine qualquer possibilidade dos moradores chamarem o elevador durante a manutenção. O mais indicado é desligar as chaves de energia. Assim, protegerá o seu condômino e os técnicos que estarão realizando o serviço.

No dia da manutenção a presença do síndico é indispensável, pois ele é responsável por fiscalizar o serviço e verificar se todas as peças foram vistoriadas, avaliadas e, se necessário, substituídas. Veja abaixo as peças que precisam de vistoria mensal:

  • Quadro de energia
  • Quadro de comando
  • Máquina de tração
  • Limitador de velocidade
  • Fita seladora
  • Polia de desvio
  • Cabina
  • Botoeiras
  • Contrapeso
  • Fundo do poço

Fonte adaptada: Site Crel Elevadores

Por Inspetor.com