Av. Ana Costa, 146 cj. 809 - Vila Mathias Santos - SP

Planejamento e execução de obras em condomínios

24 novembro

Planejamento e execução de obras em condomínios

Categoria: Notícias

Após todos os obstáculos deste ano, síndicos e administradores retornam aos planos realizados no início do ano, ou até mesmo antes disso. A manutenção é um dos principais quesitos em seu cotidiano. Afinal, deixar um condomínio em seu pleno funcionamento e garantir a sua valorização, não é uma tarefa fácil. Outra questão que está na mira dos moradores é a capacidade analítica do síndico para saber priorizar as atividades e manutenções que serão realizadas. Desta forma os síndicos devem ser ainda mais criteriosos nas tomadas de decisão. 

Então, o primeiro passo para essas retomadas deve ser a revisão do planejamento feito antes da pandemia. Será necessário ajustar os cronogramas e rever orçamentos e fornecedores. Pois o equilíbrios das contas continuam sendo prioridade, assim como a saúde e segurança dos condôminos. Ao realizar esses ajustes, é necessário obter a aprovação dos moradores através da tradicional assembleia.

Os síndicos devem separar os planos de manutenções e obras de acordo com a sua prioridade (estar dentro da lei, preservar a segurança e saúde dos moradores), assim dificilmente será questionado por algum condômino. Então deve realizar uma inspeção predial com uma empresa especializada, caso o condomínio não possua um “Plano de Manutenção Predial”, que indicará todas as irregularidades. 

É preciso lembrar aos moradores que o planejamento aprovado antes da COVID-19 não será seguido ou não cumprirá a data prevista. Caso não tenha canais de comunicação direta com eles, crie no mínimo dois, para que possam acompanhar o desenvolvimento do plano. É importante que eles acompanhem esses processos. Essa ação pode diminuir até mesmo o número de reclamações referentes aos barulhos causados pelas obras.

Os síndicos devem manter-se organizados durante todo o processo

Acompanhar as obras e manutenções e ainda realizar as tarefas diárias do condomínio vai ficar bem apertado, por isso os síndicos podem usar a tecnologia ao seu favor. Sim! Ela está aqui para facilitar o dia a dia, além de ajudar a otimizar o tempo das tarefas de forma segura e eficiente. 

Hoje é possível encontrar diversas ferramentas online, softwares e aplicativos de gestão que podem auxiliar no controle de tarefas e atividades.

Por onde começar as obras e manutenções dos condomínios?

Como já estamos encerrando o ano, indicamos que as primeiras manutenções sejam realizadas na parte elétrica e para-raios do condomínio, pois o período de chuvas está próximo e esse item entra na categoria segurança, que é uma prioridade dentro dos planos de manutenção. Aterramento individual da rede elétrica de elevadores também devem entrar nas prioridades da manutenção, assim como medidas de segurança e contra incêndio.

Após ou concomitante obras e manutenção nas áreas comuns como: piscina, salão de festas, salão de jogos, churrasqueiras e playground, podem entrar na lista, já que a movimentação no condomínio tende a ficar maior nessa época do ano, devido às festas de final de ano.

Já atividades como pinturas nas áreas externas e impermeabilizações não são aconselháveis neste momento, devido ao período de chuvas que se aproxima. Essas obras podem ser programadas para os meses de março ou abril, para que não sejam paralisadas durante o processo.

Fonte adaptada: Site SíndicoNet

Por Inspetor.com